Programa de Mestrado e Doutorado em Administração

Universidade Positivo

Descrição do Programa

Programa de Mestrado e Doutorado em Administração

Universidade Positivo

O Programa Mestrado e Doutorado em Administração (PMDA) visa à formação de profissionais e pesquisadores capazes de contribuir para a construção e disseminação de conhecimento científico, com base em estudos focados nas seguintes linhas de pesquisa: Estratégia, Inovação, Empreendedorismo, Organização e Mudança. Para isso, ambos os cursos mantêm-se interligados, proporcionando ao aluno o desdobramento de experiências, especialmente no que se refere à área de concentração – Organizações, Gestão e Sociedade.

O Mestrado em Administração da UP é destinado a profissionais e educadores com nível superior, administradores ou não, e demais interessados em aprofundar a tecnologia e realizar pesquisas na área de Gestão. Já o Doutorado tem como público-alvo graduados e mestres em Administração e áreas afins, além de interessados em formação acadêmica profunda e de alto nível em pesquisa e docência.

Duração

Mestrado: de 18 a 24 meses

Doutorado: de 4 a 8 semestres

Periodicidade

Aulas distribuídas ao longo da semana, conforme grade horária.

Mestrado

ÁREA

Administração

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO

Organizações, Gestão e Sociedade

COORDENAÇÃO

Prof. Dr. João Carlos da Cunha

O Mestrado em Administração, com área de concentração em Organizações, Empreendedorismo e Internacionalização, responde às necessidades das sociedades paranaense e brasileira no que concerne a profissionais acadêmicos e de nível gerencial, que sejam capazes de pensar e empreender ações inovadoras e assertivas nos âmbitos regional, nacional e internacional.

O desenvolvimento de competências analíticas e da capacidade de pesquisa em termos de empreendedorismo, inovação, mudança e internacionalização com forte suporte nos campos dos estudos organizacionais e da estratégia em organizações, entendidos como campos que devem ser estreitamente articulados, constitui necessidade tanto no mundo acadêmico como no mundo empresarial.

OBJETIVOS

Desenvolver estudos aprofundados no campo da Administração, no que concerne à área de concentração em Organizações, Empreendedorismo e Internacionalização. Criar competências acadêmicas nos campos do empreendedorismo e da internacionalização, bem como da mudança e da inovação em organizações, mediante a formação de docentes qualificados para o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão. Formar pesquisadores capazes de contribuições acadêmicas relevantes pela aplicação conjunta e integrada de conhecimentos nos campos do empreendedorismo, da internacionalização, da mudança e da inovação em organizações. Formar profissionais de alto nível para o exercício da gestão empresarial com ênfase em empreendedorismo, internacionalização, mudança e inovação em organizações. Produzir e disseminar conhecimentos sobre empreendedorismo, internacionalização, mudança e inovação em organizações, com base na estreita articulação entre os campos dos estudos organizacionais e da estratégia em organizações, em veículos reconhecidos para publicação científica na área de Administração.

PÚBLICO-ALVO

O Mestrado em Administração da Universidade Positivo é voltado para profissionais e educadores com nível superior, administradores ou não, e interessados em aprofundar a tecnologia e realizar pesquisas na área de Gestão.

Doutorado

ÁREA

Administração

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO

Organizações, Gestão e Sociedade

COORDENAÇÃO

Prof. Dr. João Carlos da Cunha

O Curso de Doutorado em Administração da Universidade Positivo é recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério em Educação. A sua área de concentração em Organizações, Gestão e Sociedade segue a tendência asual de integração entre diversas especialidades. Assim, responde às necessidades do Paraná e do Brasil no que concerne à formação de professores e pesquisadores com nível de excelência, capazes de contribuir tanto para a criação como para a disseminação do conhecimento científico.

Além disso, a associação ampla com o Doutorado em Administração da Universidade Federal do Paraná constitui um diferencial importante em termos de ensino e de produção de conhecimento. Como não poderia deixar de ser no asual estágio de desenvolvimento da área no Brasil, o Doutorado em Administração é essencialmente acadêmico.

Tanto sua área de concentração como suas linhas de pesquisa constituem desdobramento da experiência adquirida com o Mestrado em Administração da Universidade Positivo, que funciona desde 2005. Desse modo, Doutorado em Administração visa a proporcionar formação acadêmica aprofundada e de alto nível em pesquisa e docência, incorporando os avanços recentes nos campos dos estudos organizacionais e da estratégia em organizações.

OBJETIVOS

Desenvolver estudos aprofundados no campo da Administração, no que concerne à área de concentração em organizações, gestão e sociedade.

Formar profissionais de alto nível para o exercício do ensino e o desenvolvimento do conhecimento em conformidade com suas linhas de pesquisas.

Disseminar conhecimentos em sua área de asuação, com base na estreita articulação entre os campos dos estudos organizacionais e da estratégia em organizações, por meio de veículos reconhecidos para publicação científica na área de Administração.

PÚBLICO-ALVO

O curso de Doutorado em Administração destina-se a graduados e mestres em Administração e áreas afins e interessados em formação acadêmica aprofundada e de alto nível em pesquisa e docência.

Áreas, linhas de pesquisa e projetos

As duas linhas de pesquisa do Mestrado em Administração da Universidade Positivo sisuam-se na confluência dos campos de conhecimentos dos Estudos Organizacionais, da Estratégia em Organizações e da Inovação e Empreendedorismo. Elas podem ser visualizadas a seguir:

Linha de pesquisa: Estratégia, Inovação e Empreendedorismo

Essa linha de pesquisa trata de temas relacionados à gestão das organizações, com ênfase na estratégia, empreendedorismo e inovações. Em estratégia, são objeto de estudo a formação, a implementação e os resultados das estratégias organizacionais, com ênfase nos ternores que as motivam, influenciam ou condicionam. Tem ênfase o estudo dos estrategistas, dos processos organizacionais com impacto estratégico e interações da organização com o ambiente. Entre os temas abordados destacam-se: estratégias em organizações complexas, resultados organizacionais e desempenho estratégico, recursos e competências organizacionais e aprendizagem organizacional, entre outros.

Em empreendedorismo, são abordados os ternores individuais, organizacionais e ambientais que influenciam o surgimento e o sucesso de novos negócios. Também são estudados os impactos e efeitos dos novos empreendimentos, tais como o crescimento e desenvolvimento econômicos, a geração de novas tecnologias r impactos socioambientais, entre outros. Especial atenção é dada ao intraempreendedorismo e à estratégia em pequenas e médias empresas.

Em inovação, estuda-se o contexto que condiciona as estratégias de inovação em produtos, processos e em gestão das organizações. As estratégias de inovação das organizações são analisadas em termos de sua relação com a sustentabilidade, a cultura organizacional, a formação de clusters e redes, a transferência de tecnologia, as inovações abertas e as organizações ambidestras. Os estudos das estruturas e processos para gestão da tecnologia contemplam os temas como aprendizagem e criatividade, gerenciamento e financiamento de projetos e a gestão do pessoal de P&D.

Linha de pesquisa: Organização e Mudança

A linha de pesquisa em Organização e Mudança trata da inserção das organizações nas ordens mundial, regional e local, com estímulo à conjugação da análise da mudança, o esforço das organizações por se internacionalizarem e o impacto desse esforço sobre características operacionais e estratégicas, bem como dos relacionamentos interorganizacionais. Trata, principalmente, de questões relacionadas à mudança estrutural e processual em organizações, bem como à estruturação de campos organizacionais e análise de práticas sociais.

Fatores ambientais e organizacionais limitadores e possibilitadores do processo de mudança são considerados a partir de conceitos agregadores, como mercado, cultura, Estado e sociedade. Inclui aspectos especificamente relacionados à mudança em organizações enquanto campo de análise, considerando o estudo das forças geradoras de mudança, forças de resistência, processo de mudança, condução da mudança, além da própria análise da natureza da mudança em organizações.

Professores orientadores

BRUNO HENRIQUE ROCHA FERNANDES

Formação

  • Doutor em Administração de Empresas –área Recursos Humanos – pela Universidade de São Paulo (USP) com doutorado sanduíche pela Universidade de Cambridge, Inglaterra – 2004. Mestre em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Paraná em 1996

Experiência profissional

O Professor Bruno Rocha Fernandes tem como foco de pesquisa e trabalho a relação recíproca entre estratégia empresarial e gestão de pessoas. Assim, investiga modelos de gestão de pessoas adequados para alavancar a estratégia empresarial, em particular, modelos de gestão por competências e metodologia de mensuração do desempenho organizacional. Nesta investigação, tem utilizado referenciais teóricos ligados à visão da empresa baseada em recursos, teoria institucional e teoria cognitiva. É autor dos livros Gestão Estratégica de Pessoas com foco em Competências, Ed. Campus-Elsevier; Competência Organizacional: o que há além do balanced scorecard, Ed. Saraiva; e Administração Estratégica: da competência empreendedora à mensuração do desempenho, Ed. Saraiva, além de vários capítulos de livros e artigos acadêmicos. Publica em periódicos científicos nacionais e internacionais. Participa de congressos internacionais como Performance Measurement Association Conference. É editor associado da revista acadêmica Brazilian Business Review e diretor de pesquisa da Associação Brasileira de Recursos Humanos, seção Paraná (ABRH-PR). Desenvolve trabalhos de consultoria em empresas como Alpargatas, AstraZeneca, Banco Central do Brasil, Braskem, Caixa Econômica Federal, Camargo Correa Cimentos, CCR, Cimento Itambé, Embraco, Fiat Power Train, FIEP, Fundação Dom Cabral, Gerdau, GVT, GRPCOM, Instituto Brasileiro de Resseguro (IRB Brasil-RE), Klabin, Neoenergia, Sebrae, Souza Cruz, Sotreq-Caterpillar, Spaipa, TAM, Usiminas e Volvo, entre outras. Foi Pró-Reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UP. É professor visitante do Institute Superieur de Gestion (ISG), França, e University of Plymouth, Inglaterra.

Áreas de interesse/Especialidades

  • Gestão de Pessoas e Estratégia: modelos de gestão por competência, práticas de gestão de pessoas de alta performance
  • Estratégia em Organizações: competências organizacionais (visão da empresa baseada em recursos, mensuração de desempenho organizacional (particularmente, intangíveis – capital intelecsual).
  • Internacionalização de empresas: competências essenciais, empresas nascidas globais (born globals).

DÁLCIO ROBERTO DOS REIS

Formação

  • Doutor em Gestão Industrial pela Universidade de Aveiro – Portugal e Pós-doutorado em Planejamento Estratégico de Tecnologia. Engenheiro Eletrônico, Especialista em Metodologia do Ensino Superior e em Metodologia do Ensino Tecnológico.

Experiência Profissional

O Professor Dálcio Roberto dos Reis é Bolsista de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do CNPq com projetos fomentados na área de gestão da Inovação. Desenvolve atividades de palestras gerenciais e de consultoria empresarial na área de Gestão da Inovação. Já realizou trabalhos para organizações como: Siemens, Embraer, O Boticário, Federação de Indústrias de diversos Estados, Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade – IBQP, Confederação Nacional da Indústria - CNI; SEBRAE Nacional, Correios, Universidade Univille, Movimento Brasil Competitivo – MBC entre outras. É revisor de diversos periódicos científicos e avaliador de projetos para a FINEP e CNPQ, entre outros. Membro da Associação Brasileira de Engenharia de Produção - ABEPRO. É autor de 10 livros e mais de 250 artigos científicos publicados em periódicos especializados e em anais de eventos, no tema Gestão da Inovação. É professor aposentado pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, onde além das atividades de pesquisa e ensino, exerceu os cargos de Chefe da Divisão de Pesquisa e Produção, Coordenador do Curso de Eletrotécnica e Diretor-Geral do campus na cidade de Pato Branco.

Áreas de interesse/Especialidades

  • Gestão da Inovação
  • Intraempreendedorismo
  • Modelos de negócios inovadores
  • Cenários e prospecção tecnológica

DIEGO MAGANHOTTO CORAIOLA

Formação Doutor em Administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com período sanduíche na University of Alberta (​UofA), Canadá. Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Graduação em Administração pela Faculdades Integradas Curitiba (FIC).

Experiência profissional

Professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade Positivo (PMDA/UP). Professor do curso de Administração da Faculdade Cenecista de Campo Largo (FACECLA). Editor da Revista Eletrônica de Ciência Administrativa - RECADM (1677-7387). Membro do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas Sociais (IBEPES). Membro da Academy of Management, EGOS e ANPAD. Integrante dos grupos de pesquisa: Organizações, Estratégia e Instituições (UP), Estudos Organizacionais e Estratégia (UFPR) e Estratégia, Dinâmica e Comportamento em Instituições de Ensino em Administração (UFPR). Possui trabalhos publicados em periódicos como Organizações & Sociedade, Cadernos EBAPE.BR e Revista de Administração Mackenzie. Participa regularmente de eventos nacionais e internacionais como AOM, EGOS, EnANPAD, EnEO e 3Es. Elabora pareceres de avaliação de artigos científicos submetidos a eventos e periódicos nacionais e internacionais da área de Administração.

Áreas de Interesse/Especialidades

  • Organizações e Estratégia
  • Memória, História e Instituições
  • Símbolos, Práticas e Discurso

EDSON RONALDO GUARIDO FILHO

Formação

  • Doutor e Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná.
  • Economista pela Universidade de São Paulo.

Experiência profissional

O Professor Edson Guarido se dedica ao ensino e pesquisa nas áreas de Estudos Organizacionais e Estratégia em Organizações, com especial interesse pela perspectiva institucional de análise. Integra o corpo docente do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade Positivo (PMDA/UP) desde 2008, onde também asua como Vice-Coordenador. Na Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (Anpad), já atuou como líder do tema Estratégia e Instituições (2009-2010) e, desde 2011, lidera o tema Perspectivas Sociológicas e Organizacionais da Estratégia na Divisão de Estratégia em Organizações. É líder do grupo de pesquisa em Instituições, Organizações e Estratégia da Universidade Positivo, onde coordena a linha sobre Instituições, Ambiente Legal e Organizações. É pesquisador do grupo de pesquisa em Estratégia, Mudança e Instituições da UFPR. Participa da avaliação de artigos científicos em eventos e periódicos nacionais e internacionais da área de Administração, nos quais também possui publicações. É Editor Associado da Revista Eletrônica de Ciências da Administração (RECADM). É Diretor-Presidente do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas Sociais (IBEPES). Recebeu da Anpad o prêmio de melhor artigo da divisão de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade (2007) e o Prêmio Valores do Brasil, na Categoria Educação e Geração do Conhecimento, oferecido pelo Banco do Brasil em 2008, bem como a indicação para prêmio no 3rd Latin American and European Meeting on Organization Studies (LAEMOS), em 2010. É pesquisador bolsista produtividade do CNPq nível 2.

Áreas de Interesse/Especialidades

Estudos Organizacionais e Estratégia em Organizações a partir da perspectiva institucional de análise, com foco na relação entre organizações e o ambiente legal, estratégia e discurso organizacional, processos de institucionalização de práticas organizacionais e a estruturação do campo científico em organizações e estratégia.

ELOY EROS DA SILVA NOGUEIRA

Formação

  • Doutor em Administração pela Fundação Getúlio Vargas EAESP;
  • Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná.

Experiência profissional

Dedica-se ao ensino e pesquisa nas áreas de Estratégias e Estudos Organizacionais, com ênfase na perspectiva de análise institucional. Nesse âmbito, as investigações mais recentes se concentram na contribuição proporcionada pelos estudos sobre a inter-relação de estrutura com capacidade de agência, sobre simbolismo e identidade e sobre estruturação e institucionalização. É autor de vários artigos aprovados em eventos acadêmicos no Brasil e no Exterior. Participa do trabalho de disseminação e formação científica como avaliador da Revista de Administração Contemporânea – RAC e em eventos acadêmicos nacionais.

Áreas de interesse

  • Estruturação e institucionalização;
  • Cultura, simbolismo e identidade.

FÁBIO VIZEU FERREIRA

Formação Doutor em Administração de Empresas pela EAESP/FGV. Graduação em Administração de Empresas pela Universidade Estadual de Maringá. Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná.

Experiência Profissional

Além de ser professor permanente do Programa de Mestrado e Doutorado da Universidade Positivo, o professor Fábio Vizeu também é coordenador da Divisão de Estudos Organizacionais da ANPAD. Nos últimos anos, tem asuado ativamente no ensino e na pesquisa nas áreas de organizações e estratégia, tendo publicado em importantes periódicos da área. Seus principais interesses de pesquisa correspondem as questões da História, da Linguagem e da Subjetividade nos Estudos Organizacionais, especialmente pelas abordagens de pesquisa alternativas ao mainstream, como a perspectiva do filósofo alemão Jürgen Habermas.

Áreas de Interesse/Especialidades

Organizações e Mudança

JOÃO CARLOS DA CUNHA

Formação

  • Doutor em Administração pela FEA/USP
  • Mestre em Administração pela PUC/RIO

Experiência profissional

Diretor da Escola de Negócios da Universidade Positivo e Coordenador do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade Positivo. Professor Titular aposentado da UFPR, coordena do Programa de Administração Sustentável na UFPR. Interesse de pesquisa nas áreas de Estratégia de inovação e sustentabilidade. Doutor em Administração pela FEA/USP, Mestre em Administração pela PUC/RIO, Graduado em Administração pela UFPR. Tem experiência profissional em gestão no setor público e privado, asua em consultoria nas áreas de estratégia de empresas, reestruturação de negócios e gestão da inovação e sustentabilidade.

Áreas de interesse Tecnologia e Inovação

MARCIA BEATRIZ CAVALCANTE RODRIGUES

Formação

  • Doutorado na UTFPR em "Tecnologia & Desenvolvimento"
  • Mestrado em Ciência da Computação - Mcgill University (1998)

Experiência profissional

Marcia é professora Dra. do PMDA, formada em ciência da computação, concluiu seu mestrado stricto-senso em engenharia de software na McGill University no Canadá, seu doutorado na área de tecnologia & desenvolvimento pela UTFPR, tendo asuado ao longo de 14 anos em projetos em parceria com instituições de Ciência & Tecnologia, indústria eletroeletrônica e de software e recentemente em diversos projetos com MPEs em programas de capacitação e consultoria com o Sebrae. Asualmente, suas pesquisas concentram-se na linha de estratégia, inovação e empreendedorismo. Seu principais interesses de pesquisa concentram-se em áreas de gestão da inovação das organizações incluindo estratégia de tecnologia & inovação, desenvolvimento de novos produtos, portfolio de inovação, inovação em serviços, processos, métodos e softwares de apoio a gestão da inovação,gestão de desenvolvimento de novos produtos, auditoria e avaliação de tecnologia & inovação e organização de pesquisa & desenvolvimento. Destaca-se sua ampla experiência e vivência prática no âmbito do desenvolvimento e aplicação de metodologias e ferramentas de gestão da tecnologia & inovação em âmbito organizacional. Atuou decisivamente no processo de inserção da variável tecnológica na estratégia da Siemens, resultado este publicado no livro “Tecnologia, Estratégia para a Competitividade” pela Editora Nobel. Concebeu, coordenou e implementou modelos de negócios, sistemas e ferramentas voltadas a eficiente gestão da inovação, R&D management e portfolio management, destacando-se a asuação em empresas como BEMATECH, SIEMENS, CVRD, NOKIA, SEBRAE e FIEP-PR. Possui ainda experiência em treinamentos e palestras de gestão da inovação bem como na prospecção de informações estratégicas de tecnologia & inovação. Atuou na coordenação de projetos de desenvolvimento de software, com conhecimento em tecnologias de gestão da inovação (planejamento tecnológico, prospecção tecnológica). Internacionalmente, possui vivência e experiência no estabelecimento de contratos transnacionais e negociação internacional relacionados a projetos de P&D com domínio dos idiomas inglês, francês e português.

PEDRO JOSÉ STEINER

Formação

Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Paraná (1979), mestrado em Master In Engineering Management - Florida Institute Of Technology (1983), doutorado em Administração pela Universidade de São Paulo (1998) e estágio Senior pela CAPES na Universidade De Lisboa - IST Instituto Superior Técnico (2013).

Experiência profissional

Professor titular aposentado da Universidade Federal do Paraná. Asualmente é professor titular na Universidade Positivo, asuando no Programa de Mestrado e Doutorado em Administração (PMDA). Tem experiência na área de Administração, asuando principalmente nas seguintes área: métodos quantitativos, comportamento do consumidor, decisão de compra, processo decisório, estratégia em organizações, pesquisa de mercado e redes neurais.

Áreas de Interesse/Especialidades

  • Métodos quantitativos
  • Comportamento do consumidor
  • Decisão de compra
  • Processo decisório
  • Estratégia em organizações
  • Pesquisa de mercado
  • Redes neurais

RODOLFO COELHO PRATES

Formação

  • Doutor em Economia Aplicada pela Universidade de São Paulo
  • Mestre em Geografia Econômica pela Universidade de São Paulo

Experiência profissional

O professor Rodolfo Prates se dedica à área acadêmica há mais de dez anos, asuando nos campos do ensino e da pesquisa. É também avaliador do Banco Internacional de Objetos Educacionais - BIOE/MEC. Já desenvolveu trabalhos relacionados com estratégias locacionais e com o impacto das alterações ambientais nas organizações. Sua área de interesse em pesquisa está relacionada com a relação entre as empresas e o ambiente, tanto o ambiente nacional quanto o internacional. Particularmente, tem atenção especial por conhecer os diversos processos de internacionalização, à luz dos avanços teóricos sobre o tema, a exemplo das teorias clássicas e das abordagens contemporâneas de internacionalização. Além disso, se preocupa em conhecer as soluções e problemas de internacionalização das empresas brasileiras no contexto da asual fase de globalização.

Áreas de interesse/Especialidades

  • Métodos quantitativos aplicados à administração;
  • Estratégias de Internacionalização;
  • Teorias de Internacionalização.

SAMIR ADAMOGLU DE OLIVEIRA

Formação

  • Doutor em Administração pela Universidade Federal do Paraná.
  • (Concentração em Estratégia e Análise Organizacional)
  • Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná.
  • (Concentração em Administração de Tecnologia, Qualidade e Competitividade).

Experiência profissional

Vinculado a linha de pesquisa 'Organização e Mudança', o professor Samir Adamoglu de Oliveira se dedica a atividades de ensino e pesquisa na área de Estratégia e Análise Organizacional, sendo também versado em temas referentes à tecnologia nas organizações, em seus impactos sociais e técnicos. Asualmente, concentra seus esforços de investigação enfocando a pragmática da linguagem, institucionalismo organizacional, e teorias sociais contemporâneas. Possui experiência profissional nas áreas de planejamento estratégico, operações, e pesquisa científica aplicada a setores industriais, em seus aspectos inovativos e tecnológicos. Asua como avaliador nas divisões acadêmicas de Estudos Organizacionais (EOR), Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade (EPQ), e Estratégia em Organizações (ESO) da ANPAD – Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração –, e como parecerista adhoc em cinco periódicos científicos, dentre eles a Revista de Administração Contemporânea – RAC.

Áreas de interesse/Especialidades

  • Estratégia e análise organizacional;
  • Linguagem e análise da comunicação em organizações;
  • Métodos qualitativos de pesquisa em Administração;
  • Gestão, tecnologia e inovação nas organizações.

SIEGLINDE KINDL DA CUNHA

Formação

  • Doutora em Economia – área de políticas de inovação - pelo Instituto de Economia da Universidade de Campinas, em 1995. Especialização em Economia Regional pela Universidade de São Paulo – USP, em 1974, e em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Federal do Paraná, em 1989.

Experiência profissional

A professora Sieglinde tem como foco de pesquisa entender a interseção entre os temas de inovação e sustentabilidade econômica, social e ambiental. No grupo de pesquisa de práticas, subjetividade e organizações estuda as possíveis e amplas dimensões sobre inovação ambiental buscando a construção de referências teóricas, modelos, métricas e tipologia da ecoinovação, buscando elementos para políticas de desenvolvimento ou para estratégias empresariais. Também pesquisa a inovação e as redes de cooperação como relações fundamentais para o desenvolvimento local e das organizações. Utiliza como fundamentação teórica as abordagens da teoria evolucionista da inovação, da teoria institucional e da teoria da atividade. Publicou dezenas de artigos em periódicos e anais de congressos nacionais e internacionais, além de vários capítulos de livros nacionais e internacionais.

Disciplina que ministra no PGAMB

  • Economia Ambiental.
  • Áreas de interesse
  • Inovação e sustentabilidade;
  • Redes de solidariedade, criatividade e inovação;
  • Criatividade, inovação e desenvolvimento local;
  • Ecoinovação: tipologia, métricas e políticas.

YÁRA LUCIA MAZZIOTTI BULGACOV

Formação

  • Ph.D. em Educação – UESP- Universidade Estadual São Paulo-Campus Marilia.
  • M.A. Psicologia – PUCSP- Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Experiência profissional

A professora Yára Lúcia Mazziotti Bulgacov dedica-se há mais de duas décadas ao ensino e à pesquisa na área de Psicologia do Trabalho e das Organizações, com ênfase na perspectiva e em procedimentos qualitativos de pesquisa. Seus interesses voltam-se para a investigação no contexto organizacional de dimensões humanas, dentre elas, as categorias teóricas da identidade, emoção, consciência, racionalidade substantiva e instrumental, controle, imaginação, atividade, atividades expressivas, linguagem, cognição, aprendizagem, dentre outras. Asualmente é membro da linha de pesquisa de Empreendorismo do Universidade Positivo. Já coordenou programas de pós-graduação stricto sensu em Psicologia na UFPr bem como lato sensu Psicologia do Trabalho e das Organizações na UFPr e UEL. Consultora junto a revistas científicas da área de administração (RAE-RAC) e de psicologia (Revista de Psicologia Social e Institucional-UEL/Revista Interação -UFPR). Publica sistematicamente, desde 2000, em periódicos científicos, bem como vem colaborando com capítulos de livros em obras organizadas por autores nacionais. Freqüenta regularmente os principais congressos de sua área de asuação.

Áreas de interesse/Especialidades

  • Comportamento Organizacional;
  • Comportamento Empreendedor;
  • Empreendedorismo Social;
  • Mudança e Comportamento.

Regulamentos, normas oficiais e formulários

RESOLUÇÕES

  • Resolução nº 125 de 30/01/2015 - Normas para Concessão de Bolsas nos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da UP
  • Resolução nº 92, de 15/03/2014 - Regulamento do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da UP e Normas para Atividades Acadêmicas
  • Resolução nº 58, de 28/01/2013 - Matriz Curricular PMDA 2013

INSTRUÇÕES NORMATIVAS

  • Instrução Normativa nº 04, de 30/06/2012 - Instrução para a Realização do Exame de Qualificação do Curso de Doutorado do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração da Universidade Positivo
  • Instrução Normativa nº 01, de 03/03/2008 - Dedicação ao Programa para Alunos de Doutorado do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração (PMDA) da Universidade Positivo
  • Edital 003/2011 - Condições para Atendimento do Requisito de Proficiência em Língua Estrangeira para Alunos de Doutorado

EDITAIS

  • Edital nº 257 de 10/06/2014 - Comissão de Processo Seletivo (CPS) - Doutorado em Administração 2015
  • Edital nº 256 de 10/06/2014 - Comissão de Processo Seletivo (CPS) - Mestrado Acadêmico em Administração 2015

FORMULÁRIOS

Matrícula

  • Requerimento de matrícula em disciplinas do PMDA
  • Formulários de bancas (dissertação e tese)
  • Solicitação de banca de qualificação de projeto de tese
  • Solicitação de banca de qualificação de projeto de dissertação
  • Solicitação de banca de defesa de tese
  • Solicitação de banca de defesa de dissertação

Templates

  • Modelo de dissertação e tese de natureza teórica
  • Modelo de dissertação e tese de natureza teórico-empírica
  • Modelo de projeto de dissertação e tese
  • Equivalência de créditos
  • Solicitação de aproveitamento de créditos
  • Orientação (dissertação e tese)
  • Solicitação de designação de orientador
  • Declaração de entrega de versão capa dura e submissão de artigo (Mestrado)
  • Declaração de entrega de versão capa dura e submissão de artigo (Doutorado)
  • Declaração de inexistência de plágio
  • Capa da dissertação
Essa escola oferece programas em:
  • Portuguese (Brazil)
Duração e Preço
This course is No câmpus
Start Date
Data inicial
Mar., 2017
Duration
Duração
4 - 8 
Data inicial Mar., 2017
Local
Brasil Curitiba, Paraná
Prazo para inscrição Solicitar Informações
Data de conclusão Solicitar Informações
Duração 4 - 8 
Preço Solicitar Informações