PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO E PRÁTICAS DE CONSUMO

Geral

7 locais disponíveis

Descrição do programa

Informações do Programa

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Comunicação e Práticas de Consumo da ESPM (PPGCOM ESPM) teve início em 2006 com o curso de Mestrado acadêmico e teve o curso de Doutorado aprovado em 2012. Tem por objetivo formar professores e pesquisadores de alto nível, com competência de atuação nacional e internacional, capazes de executar e liderar atividades de pesquisa, orientação e ensino na área de comunicação e de consumo. Seu corpo docente e discente tem produção intelectual avaliada em grau máximo pela CAPES.

Diferencial e Abordagem

O diferencial do programa é a temática investigada: é o primeiro e único PPGCOM brasileiro inteiramente dedicado ao estudo da interface entre comunicação e consumo e das relações a ela articuladas. A análise crítica sobre a sociedade de massa e do consumo, sobre as culturas midiáticas e as narrativas do capital, inclui o estudo de teorias clássicas e a discussão de abordagens contemporâneas. É prioridade do PPGCOM a promoção de um ambiente intelectual compromissado com a agenda científica nacional e internacional e com desenvolvimento da sociedade brasileira.

Estrutura de Pesquisa

Área de Concentração

  • Núcleo epistêmico comum (comunicação);
  • Foco temático (interface comunicação e consumo).

Linhas de Pesquisa

  • Recepção e Produção.

Projetos de Pesquisa

  • Professores e orientandos.

GTs do Comunicon

  • Áreas de atuação dos docentes e outros temas.

Grupos de Pesquisa CNPq

  • Articulação transversal.

Linhas de Pesquisa

Processos de recepção e contextos socioculturais articulados ao consumo

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da recepção e dos contextos macrossociais. As diversas implicações da comunicação e do consumo no cotidiano, na cultura e na sociedade: recepção e audiências; educação; questões geracionais e de classe; novos sensórios, regimes de visibilidade, estetização e espetáculo; apropriações e ressignificações das tecnicidades; processos e ações socioculturais de engajamento característicos das culturas midiáticas e do consumo.

Lógicas da produção e estratégias midiáticas articuladas ao consumo

Investigação da interface comunicação/consumo no plano da produção e das estratégias midiáticas. Os sistemas e processos produtivos, considerando suas condições, narrativas e lógicas: mundo do trabalho e suas representações; relação entre entretenimento, tecnologias e digitalização da cultura; poéticas e narrativas concernentes ao campo da produção, em seus discursos e materialidades; dinâmicas midiáticas e de consumo associadas à construção de narrativas sobre a identidade e a diferença.

Bolsas

A política de atribuição de bolsas do Programa está estruturada do seguinte modo:

a) Bolsas oferecidas pela própria Instituição, para atuação junto à equipe do PPGCOM-ESPM, contemplando a isenção total ou parcial da mensalidade, ambas com seleção anual;

b) Bolsas oferecidas pela própria Instituição, para funcionários e professores da Escola aprovados no processo seletivo, contemplando isenção da mensalidade;

c) Bolsas concedidas por agências de fomento, incluindo:

  • Quota de bolsas associadas ao Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares (PROSUP)/Cursos Novos/Capes (seleção anual)
  • Bolsas individuais pleiteadas junto à Fapesp (conforme calendário da Agência)

A Comissão Permanente de Bolsas (formada pela Coordenação do Programa, um representante docente de cada uma das Linha de Pesquisa e dois representantes discentes) conduz o processo seletivo, mediante os seguintes critérios:

  • méritos: desempenho acadêmico, curricular e/ou no processo seletivo
  • disponibilidade dos alunos para dedicação integral às atividades do mestrado ou doutorado
  • competências e habilidades específicas

Financiamentos

Ao longo dos últimos anos, o PPGCOM-ESPM recebeu importantes apoios e financiamentos de diversas agências e instituições de fomento à pesquisa, tais como:

  • Bolsas de pós-doutoramento: Capes, FAPESP, Clacso e Fulbright.
  • Bolsas de doutorado: Prosup/Capes.
  • Bolsas de mestrado: Prosup/Capes e Fapesp.
  • Bolsas de produtividade: CNPq
  • Edital de Ciências Humanas: CNPq
  • Auxílios a projetos de pesquisa: Fapesp
  • Auxílio a eventos: Capes e Fapesp
  • Auxílio a projeto de extensão: Bradesco
  • Auxílio a publicação: Capes e Fapesp
  • Auxílio a compra de livros: Fapesp

Estágio pós-doutoral

O PPGCOM-ESPM possui regulamento específico para o fomento à pesquisa de pós-doutoramento. As normas são aplicadas tanto ao seu quadro docente permanente, como também às candidaturas externas para a realização de estágio de pós-doutorado supervisado por docentes do programa.

Docentes do quadro permanente do PPGCOM-ESPM, que tenham interesse e cumpram os requisitos estabelecidos no Regulamento para a realização de estágio pós-doutoral em outras instituições, devem apresentar apresentam suas candidaturas à Coordenação do PPGCOM-ESPM, seguindo os prazos e calendários oficiais. Após avaliação, as mesmas são encaminhas para a Comissão de Avaliação de Propostas para deliberação do Colegiado. Desde 2012, sob esta política, a maior parte do corpo docente permanente do PPGCOM-ESPM realizou estágios de pós-doutoramento em instituições nacionais e internacionais.

Última atualização Setembro 2017

Sobre a escola

A ESPM nasceu em 1951, por meio de um projeto de Rodolfo Lima Martensen, atendendo a um convite de Pietro Maria Bardi, então diretor do Museu de Arte de São Paulo (Masp) – e apoiado por Assis Chateaub ... Ler Mais

A ESPM nasceu em 1951, por meio de um projeto de Rodolfo Lima Martensen, atendendo a um convite de Pietro Maria Bardi, então diretor do Museu de Arte de São Paulo (Masp) – e apoiado por Assis Chateaubriand, presidente dos Diários Associados, na época o maior grupo de mídia do Brasil. Ler Menos
São paulo , São paulo , São paulo , Rio de Janeiro , Porto Alegre , São paulo , Rio de Janeiro + 6 Mais Menos